PROCON Goiás divulga pesquisa de preços de flores e coroas fúnebres

PROCON Goiás divulga pesquisa de preços de flores e coroas fúnebres
Aumento médio anual das flores foi de 11,76%
Variação entre menor e maior preço chega a 160%
Comprar com antecedência pode resultar em economia

Com a proximidade do Dia de Finados já na próxima quinta feira, 2/11, a procura por produtos relacionados à data como flores e coroas fúnebres tende a ser mais acentuada. Nesse sentido, ter uma noção média dos preços praticados pelas floriculturas pode auxiliar na hora da compra, evitando pagar mais caro (acima da média) em alguns produtos, mesmo que o consumidor adquira esses produtos em estabelecimentos que não foram visitados pelo PROCON Goiás.

Além das informações de preços e suas variações entre menor e maior, bem como os aumentos e/ou reduções, o órgão também fornecerá informações acerca de um produto bastante ofertado nessas ocasiões, os planos de assistência funerária, que muitos consumidores acabam contratando sem os devidos cuidados e atenção.

A coleta de preços foi realizada em 14 (quatorze) floriculturas, principalmente nos estabelecimentos próximos aos principais cemitérios da capital, verificando os preços praticados em 15 produtos (12 tipos de flores e 3 tamanhos de coroas).

Aumento médio anual registrado nas flores foi de 11,76%

 Enquanto a inflação oficial medido pelo IPCA divulgado pelo IBGE nos últimos 12 meses ficou em 2,53%, o aumento médio das flores no mesmo período foi bem maior, chegando a 11,76%. Já as coroas, o aumento registrado foi de 10,20%. Dados levantados conforme coleta de preços médios realizado pelo PROCON Goiás em outubro de 2016 e comparados com os preços médios atuais.

No entanto, individualmente, foi constatado aumento médio bastante expressivo, chegando a 35%. É o caso da Palma (unidade) onde o preço médio praticado no ano passado era de R$ 4,43 e atualmente a R$ 6,00.

Veja outros aumentos/reduções individuais:

    PREÇO PREÇO  
PRODUTOS REF. MÉDIO MÉDIO VARIAÇÃO
    2016 2017  
Flores
Palma Unidade  R$      4,43  R$      6,00            35,44
Kalanchoe – vaso Unidade  R$      6,92  R$      8,93            29,03
Azaléia – vaso Unidade  R$     22,22  R$    28,00            26,01
Violeta – vaso Unidade  R$      6,14  R$      7,55            22,89
Crisântemos – vaso Unidade  R$     18,33  R$    21,33            16,38
Margarida Pacote  R$     31,43  R$    31,00 –           1,37
Coroas
Coroa – grande Unidade  R$   234,00  R$  258,00           10,26

Variações entre menor e maior preço chega a 160% no caso das flores e 57% nas coroas

Em relação a esses produtos (flores e coroas), além dos preços, deve ser avaliado também o estado em que cada item se encontra, pois mesmo se tratando do mesmo produto, há grandes diferenças entre a qualidade desses produtos.

Contudo, considerando os preços praticados entre os produtos pesquisados, a maior variação nas flores chegou a 160,00%. É o caso do vaso de Begônia tamanho grande, onde o menor preço encontrado foi de R$ 25,00 e o maior chegando a custar até R$ 65,00.

Veja outras variações de preços:

         
PRODUTOS REF. MENOR MAIOR VARIAÇÃO
    PREÇO PREÇO  
Flores
Begônia – vaso Unidade  R$     25,00  R$    65,00          160,00
Crisântemos – vaso Unidade  R$     12,00  R$    30,00          150,00
Violeta – vaso Unidade  R$      5,00  R$    12,00          140,00
Gérbera Unidade  R$      5,00  R$    10,00          100,00
Bola Belga – grande Unidade  R$     25,00  R$    50,00          100,00
Margarida Pacote  R$     25,00  R$    40,00            60,00
Coroas
Coroa – grande Unidade  R$   190,00  R$  300,00           57,89

Procon Goiás sugere a compra antecipada dos produtos

De acordo com informações repassadas por alguns proprietários de floriculturas, no dia de finados a tendência é ter uma elevação nos preços praticados atualmente. Desta forma, desde que os produtos sejam conservados adequadamente, pode ser uma boa economia a compra antecipada desses produtos, principalmente aqueles em que tem um valor maior em relação aos outros produtos.

Não apenas as flores, mas também pode refletir em boa economia adquirir velas com antecedência, pois os ambulantes, comuns nessa época do ano, acabam cobrando muito mais caro se comparado aos preços praticados em supermercados.

No relatório da pesquisa divulgado pelo PROCON Goiás, o consumidor poderá consultar uma série de orientações e cuidados a serem observados para a conservação das flores.

Plano de Assistência Funerária deve ser contratado em outra ocasião

Com relação às ofertas de planos de assistência funerária, evite fazer qualquer tipo de contratação nesse momento. Se há interesse nesse tipo de serviço, procure se informar em outro momento, em estabelecimento adequado, analisando cuidadosamente cada cláusula do contrato, principalmente as cláusulas que estabelecem multas (perdas de parte do valor pago) em caso de desistência.

O PROCON Goiás informa ainda que os atendentes do órgão estão aptos a esclarecer qualquer dúvidas em relação à proposta do contrato, que poderá ser levado para casa antes de assinar, bem como consultar o cadastro de reclamações fundamentadas do PROCON, se informando se a empresa que se pretende contratar o serviço possui reclamações registradas junto ao órgão e qual a sua postura em relação à resolução das demandas.

Para acessar o relatório da pesquisa, clique aqui.
Para acessar a planilha de preços, clique aqui.

Compartilhar: