PROCON Goiás orienta sobre a melhor forma de aproveitar o dinheiro extra do FGTS para pagamento de dívidas

O PROCON Goiás orienta sobre como melhor aproveitar o dinheiro extra na quitação de dívidas, pois com a divulgação, pelo Governo Federal, da oportunidade de saque das contas inativas do FGTS, muitos trabalhadores estão ansiosos para receber o dinheiro e colocar as contas ou parte delas em dia. São mais de 10 milhões de trabalhadores que terão direito ao saque a partir de março.

Cuidado com golpes

Na expectativa para saber se vão poder sacar o dinheiro, as pessoas diminuem o cuidado e ficam mais vulneráveis e é justamente nessa ocasião que os golpes acontecem. Por isso, desconfie de qualquer ligação, mensagem ou e-mail em nome do banco que ofereça para você consultar seu saldo, e nunca forneça seus dados bancários e informações pessoais por estes canais. O banco não vai atrás do consumidor e por esse motivo, abrirá suas portas mais cedo para o atendimento pessoal, bem como a consulta de saldo por meio de aplicativo oficial do próprio banco e pelo site da Caixa. Caso tenha algum problema na consulta eletrônica, vá pessoalmente até o banco e tire todas as suas dúvidas.

Ao utilizar o site criado para orientar sobre o saque das contas inativas (www.caixa.gov.br/contasinativas), digite o endereço completo e evite utilizar os links que aparecem nos sites de busca que pode acabar direcionando o trabalhador para uma página falsa.

Pagamento de dívidas

Pesquisas já demonstram que a maioria dos consumidores com direito à retirada, vão utilizar o dinheiro para quitar dívidas. E mesmo para aqueles que não estejam nessa situação, vale a pena sacar o dinheiro e investir em outras aplicações financeiras mais rentáveis.

Alguns bancos estão antecipando o dinheiro que poderá ser sacado do FGTS, mas essa prática também é uma linha de crédito e você poderá pagar juros altos e taxas desnecessárias. Avalie cuidadosamente se o pagamento dos juros valerá a pena dependendo da destinação do recurso.

Em tempos de crise econômica, com poder de compra reduzido e aumento do desemprego, torna o momento em oportunidade para quitar dívidas e sair do vermelho, pois dados estatísticos do PROCON Goiás demonstram que as empresas estão abertas a negociarem e com melhores condições para o consumidor.

Para isso, o consumidor pode procurar diretamente o credor, caso queira. No entanto, dados já demonstraram que quando há intermédio do órgão nas tentativas de negociação, tendem a ser um pouco mais vantajosos em sua maioria. O atendente do PROCON, também poderá orientar o consumidor acerca da proposta de acordo, bem como do compromisso do pagamento pontual para evitar quebra do acordo e perda do desconto conseguido.

Esta superintendência ainda sugere ao consumidor, previamente à tentativa de negociação, solicitar os cálculos para que tenha uma noção da dívida real atual e assim, podem avaliar se há ou não alguma vantagem na proposta oferecida pelo fornecedor.

Somente no ano de 2016, de acordo com dados fornecidos pelo Sistema Nacional de Defesa do Consumidor, o PROCON Goiás atendeu 7.968 consumidores que procuraram o órgão para negociar suas dívidas, desse total, 7.584 saíram com suas dívidas negociadas, um percentual de 95,18% de sucesso.

Também no ano de 2016, foram atendidos 4.272 consumidores que solicitaram cálculos para as tentativas de acordo ou para ingresso na esfera judicial, e para esses consumidores, foram realizados 32.557 cálculos das mais diferentes natureza como carnês em atraso, escolas, reajustes de imóveis, liquidação antecipada, cartão de crédito, consórcios, aluguéis, etc.

Para o atendimento basta procurar qualquer unidade do PROCON Goiás nos vapt vupts ou a sede, rua 8 n. 242 no centro da capital. Para a solicitação dos cálculos, também poderá utilizar o ProconWeb (https://proconweb.ssp.go.gov.br) e para as tentativas de acordo somente presencialmente.

Assessoria de imprensa do PROCON Goiás

Larissa Oliveira 3201-7134

Tom Fernandes 3201-7134

Compartilhar: