Procon Goiás participa da operação conjunta Carne Clandestina

A Superintendência de Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Goiás) realizou fiscalização durante esta semana, na Operação Carne Clandestina, em quatro municípios das regiões Sul e Central do Estado.

A operação, em parceria com Agrodefesa, Superintendência de Vigilância Sanitária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal, Polícia Militar, Superintendência de Polícia Técnico-Científica e Polícia Civil, foi realizada nos dias 30 e 31 de maio nos municípios de Vianópolis e São Miguel do Passa Quatro, e nos dias primeiro e dois de junho em Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis.

Balanço

Segundo dados apurados pelo Procon Goiás, nos quatro municípios alvos da operação foram lavrados 29 autos de infração e 27 autos de apreensão. Ainda foram apreendidos 1.092 itens, totalizando 466 kg de produtos impróprios para uso e consumo.

A fiscalização nos estabelecimentos de abate, manipulação e comercialização de produtos de origem animal tiveram como finalidade combater o abate e a venda de produtos clandestinos: aqueles sem inspeção, sem rotulagem, com prazo de validade vencido e fora dos padrões de higiene, entre outras irregularidades.

Em Vianópolis e São Miguel do Passa Quatro, segundo dados da Agrodefesa, da Suvisa e Vigilância Municipal, foram visitados 26 estabelecimentos, com apreensão de 781 kg de produtos de origem animal.

Em Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis, segundo dados da Agrodefesa, da Suvisa e Vigilância Municipal, foram visitados 14 estabelecimentos, com apreensão de 760,1 kg de produtos de origem animal.

 Assessoria de Imprensa – PROCON Goiás

(62) 3201-7134

imprensa@procon.go.gov.br

 

 

 

 

 

Compartilhar: