Procon Goiás registra aumento de 25% na procura de consumidores negativados que não conseguem honrar empréstimos

Fonte: A A A

calculo dividas proconweb 2As ofertas de crédito para consumidores com nome negativado e sem comprovação de renda crescem a cada dia. Tal medida, em sua maioria, ao invés de solucionar o problema, pode agravar ainda mais a situação de endividamento do consumidor.

Somente neste ano, 149 pessoas nesta situação buscaram ajuda no Procon Goiás, após a contratação junto a instituições financeiras – aumento de 25,21% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram atendidos 119 consumidores.

Em relação à contratação de empréstimo junto a uma única instituição financeira, são 103 cálculos.As facilidades anunciadas, sem consulta ao SPC e Serasa, sem comprovação de renda e sem avaliação da parte da renda do consumidor já comprometida com outros pagamentos, levam o consumidor atolado em dívidas a se complicar ainda mais.

As taxas de juros são altas, chegando a 987% ao ano ou 22% ao mês. Em um exemplo prático, uma consumidora que procurou o Procon Goiás, contratou um empréstimo de R$ 1,4 mil. Se conseguir pagar as 12 parcelas contratadas, terá desembolsado um valor final de R$ 4.104,00, já que cada parcela possui um valor de R$ 342.

Para o Procon Goiás, essa é uma forma irresponsável na concessão do crédito e vai contra a prática do estímulo ao crédito saudável, pois existem atualmente várias formas de avaliar a capacidade do consumidor em contratar novos empréstimos antes da sua concessão.

Nesses casos, quando o consumidor aciona o órgão na tentativa de solucionar ou amenizar sua situação de endividamento, é elaborado um laudo técnico revisional, no qual se utiliza a taxa de juros média divulgada pelo Banco Central do Brasil, na mesma modalidade de crédito contratada, para que busque junto ao Poder Judiciário o equilíbrio financeiro previsto pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Porém, isso é necessário apenas quando o órgão não consegue êxito em uma tentativa de acordo na esfera administrativa.

Assessoria de Imprensa do Procon Goiás
(62)3201-7134
Jornalistas: Tom Fernandes (62) 98182-4649 / Gabriela Louredo (62) 99396-9342
Estagiários: Ramon Lacerda (62)99847-2111 / Juliana Camargo (62) 99456-3509

Fonte: A A A
Publicado em 19/09/2017 | |

Compartilhe

Fechar Acessibilidade