Pesquisa do Procon Goiás aponta economia de até 60% na compra de itens de hortifruti em dias de promoção

Pesquisa do Procon Goiás aponta economia de até 60% na compra de itens de hortifruti em dias de promoção

Quilo da cebola teve aumento médio anual de 200%;

Economia em dias de promoção pode chegar a 61%;

Atenção: em dias de promoção, alguns produtos podem ficar mais caros

Goiânia, 27 de setembro de 2019 – Fazer as compras nos dias de promoção de hortifruti nos supermercados de Goiânia pode render uma economia de até 60% em alguns produtos. No entanto, é preciso ficar atento e restrito apenas aos itens anunciados.

Caso contrário, a economia obtida na compra desses produtos pode ficar ali mesmo, no próprio supermercado. Isso acontece porque identificamos que em dias de promoção não são todos os itens com preços atrativos, pelo contrário, alguns com preços até maiores que os praticados em dias normais.

Técnicos do Procon Goiás coletaram os preços de 51 (cinqüenta e um) itens em 12 supermercados de 16 a 26 de setembro. Cada estabelecimento comercial foi visitado duas vezes, sendo uma em dias habituais e a outra em dias promocionais para traçar uma comparação entre os valores.

Além de fornecer dicas importantes para quem quer economizar, a pesquisa também informa os cuidados a serem observados na hora da compra.

Cebola registrou aumento anual de 200%

A pesquisa apontou aumento médio feral de 5,92% nos preços de hortifruti na comparação com o levantamento realizado pelo Procon Goiás em setembro de 2018.

No entanto, individualmente, teve produto cuja elevação anual chegou a 201,12%. É o caso, por exemplo, do quilo da cebola. Em setembro do ano passado, o preço médio do quilo era de R$ 1,56 e atualmente ele custa, em média, R$ 4,70.

 

Veja outras variações de aumento médio anual (dias habituais):

PRODUTOS PREÇO PREÇO  
MÉDIO MÉDIO VARIAÇÃO
2018 2019 %
Cebola kg 1,56 4,70 201,12
Batata Inglesa kg 1,58 3,14 98,42
Alho à granel kg 12,25 19,71 60,86
Melancia kg 1,16 1,70 46,77
Banana maçã kg 4,04 5,60 38,73
Chuchu kg 2,95 4,07 38,00
Maçã Gala kg 4,38 5,75 31,22
Batata doce kg 3,46 2,38 -31,12
Beterraba kg 2,61 1,87 -28,39

 

Variação de preços chega a 576%

Em dias habituais, os preços praticados entre os estabelecimentos visitados podem variar até 576,27%. É o caso do quilo da beterraba, cujo preço oscila de R$ 0,59 a R$ 3,99.

Veja outras variações entre menor e maior preço (dias habituais):

PRODUTOS MENOR MAIOR VARIAÇÃO
PREÇO PREÇO %
     
Beterraba kg 0,59 3,99 576,27
Cará kg 0,99 5,79 484,85
Ameixa lg 3,99 19,99 401,00
Laranja kg 0,89 3,99 348,31
Alface pt 0,97 4,29 342,27
Hortelã kg 0,97 3,99 311,34
Pimentão verde kg 1,99 7,99 301,51
Tomate kg 1,48 4,99 237,16
Mamão formosa kg 1,89 5,99 216,93
Maçã Fugi kg 2,55 7,99 213,33

 

Economia em dias habituais pode chegar a 61%

Antes de ir às compras em dias de promoção, é muito importante ter uma noção prévia dos preços praticados em dias normais para avaliar se de fato o produto está ou não com preço mais vantajoso.

Isso acontece porque nesses dias, apenas os produtos de fato anunciados estão com preços promocionais. Nesses produtos, o consumidor pode conseguir economia de até 61%. No entanto, ao comprar outros produtos que não esteja com preços promocionais tenha muita cautela, pois de acordo com levantamento realizado pelo Procon Goiás, alguns itens estão, inclusive, com preços mais altos do que os praticados em dias habituais.

 

Veja alguns exemplos da economia conseguida em dias de promoção (principais reduções):

PRODUTOS DIA DIA ECONOMIA  
NORMAL PROMOÇÃO % ESTABELECIMENTO
R$ R$    
Brócolois Um 6,99 2,68 -61,66 Bretas Supermercado
Cenoura Kg 2,59 1,15 -55,60 Assaí
Banana Prata kg 3,69 1,69 -54,20 Supermercado Leve
Batata doce kg 2,59 1,29 -50,19 Pró-Brazilian
Berinjela kg 2,99 1,49 -50,17 Prátiko Supermercado
Uva Nacional 500 gr 8,99 4,99 -44,49 Rede Store Supermercado

 

                                                                                                                   Atenção para as falsas promoções!

A pesquisa chama atenção do consumidor para a importância de ficar atento aos preços dos produtos à venda em dias de promoção, que podem na verdade sair mais caros. Um exemplo é o o quilo do maracujá, que em dias normais, foi encontrado a R$ 2,98 e em dias de promoção, R$ 4,99. Acréscimo de 67,45%.

Outro exemplo é o quilo do abacate que em dias habituais custava R$ 2,99 e em dias de promoção, R$ 4,99 – aumento de até 66,89%.

Também citamos o quilo do chuchu, que ficou até 35,23% mais “salgado”.

Orientações gerais
O Procon Goiás orienta os consumidores a priorizar a compra dos itens anunciados na oferta, além de dar preferência aos produtos da época e da região. Além da economia, esses podem estar mais frescos.

explica que, ainda que alguns produtos estejam com preços maiores em dias de promoção, comparados com os preços praticados em dias normais, desde que tais produtos não estejam anunciados e ofertados com preços promocionais, não configura prática abusiva.

 

Se a compra não se limitar apenas aos produtos de hortifruti, tenha sempre o hábito de fazer uma lista dos produtos antes de sair de casa e estipular um valor máximo que poderá ser gasto. Desta forma, será possível avaliar o que se pode gastar som os “supérfluos”, sem extrapolar o o orçamento prévio estabelecido.

 

Para acessar o relatório da pesquisa, clique aqui

Para acessar a planilha de preços, clique aqui

 

 

 

 

 

 

Compartilhar: