Pesquisa do Procon Goiás aponta variação de até 206% em presentes para o Dia das Mães

Goiânia, 7 de maio de 2019 – De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o volume de vendas para o Dia das Mães deste ano deve registrar um aumento de 3,8% em relação a mesma data do ano passado. Se essa previsão for confirmada, será o terceiro ano consecutivo de aumento real das vendas.

Por isso, já prevendo o aumento no número de consumidores que vão às compras para presentear as mamães no próximo domingo (12), pesquisadores do Procon Goiás visitaram, entre os dias 24 de abril e 6 de maio, 22 estabelecimentos de Goiânia. Foram verificados os preços de 85 itens, entre perfumes importados, flores, cestas de café da manhã e eletroeletrônicos. O órgão de defesa do consumidor alerta: tão importante quanto acertar no presente é saber avaliar quanto poderá gastar para não extrapolar o orçamento doméstico.

Preço de panelas elétricas de pressão pode variar até 206%

Para apurar as variações entre menor e maior preço, o Procon Goiás sempre tem o cuidado de comparar preços de um mesmo tipo de produto (mesma marca, mesmo modelo e mesma gramatura) em estabelecimentos diferentes. A maior variação identificada pelo órgão durante a pesquisa foi na panela elétrica de pressão de 5 lt, da marca Eletrolux. O menor preço encontrado foi de R$ 129,99 e o maior chegou a R$ 399,00, ou seja, variação de 206,95%.

Veja outras variações de preços:

PRODUTOS MARCA ESPEC MENOR

PREÇO

MAIOR

PREÇO

VARIAÇÃO (%)
PERFUMES FEMININOS
Fantasy Britney Spears 100 ml  R$ 289,90  R$ 354,00 22,11
L’Extase – EDP Nina Ricci 50 ml  R$ 339,00  R$ 379,90 12,06
Armani Code EDP 0972 Armani 75 ml  R$ 399,90  R$ 499,00 24,78
FLORES e CESTAS
Orquídea – vaso c/ dec vaso decorativo  R$ 60,00  R$ 140,00 133,33
Buquê de Rosas – Import 12 unidades  R$ 20,00  R$ 250,00 108,33
Lírios c/ decoração vaso decorativo  R$ 45,00  R$ 75,00 66,67
Cesta Café da Manhã até 30 itens  R$ 130,00  R$ 160,00 23,08
ELETROELETRÔNICOS
Panela elet pressão PCE20 Eletrolux 5 lt/900 wts  R$ 129,99  R$ 399,00 206,95
Batedeira Prática B05 Mondial 3,6 lt/350 wts  R$ 49,00  R$ 109,90 124,29
Fritadeira Air Fryer Premium NAF03 Mondial 3,2 lt/1.500 wts  R$ 299,00  R$ 449,00 50,17
Cafeteira Dolce Gusto Mini DMM8 Arno 1.340 wts  R$ 299,00  R$ 499,00 66,89
Prancha Eleganza Plus 210 Bivolt GAMA 37 wts  R$ 59,90  R$ 109,90 83,47
Secador Potenza Italy Profissional GAMA 2.000 wts  R$ 69,00  R$ 119,90 73,77
Escova Rotativa ER 03 Mondial  R$ 99,90  R$ 149,90 50,05
Depilador Santinelle HP 6419 Philips Walita  R$ 119,99  R$ 159,90 33,26
Smartphone Galax A7 Cam tripla 64 + 4 gb Samsung  R$ 1.699,00  R$1.999,00 17,66

Preço de perfumes importados sofre elevação menor que 1% e preço das flores apresenta redução de quase 1,70%

Considerando os preços médios praticados no levantamento realizado em 2018 com os preços atuais, os pesquisadores do Procon Goiás identificaram elevação de apenas 0,90% nos preços médios dos perfumes importados e uma pequena redução no preço médio das flores de apenas 1,68%.

Veja algumas elevações e reduções nos preços médios individuais:

PREÇO PREÇO
PRODUTOS MARCA ESPEC MÉDIO MÉDIO VARIAÇÃO
      2018 2019 (%) 
PERFUMES FEMININOS
Flower by Kenzo – EDP Kenzo 50 ml  R$ 354,87  R$ 379,36 6,90
Miss Dior – EDP Dior 50 ml  R$ 399,00  R$ 429,36 7,61
Si Giorgio Eau de Parfum 6511 Armani 30 ml  R$ 337,32  R$ 299,30 -11,27
FLORES e CESTAS
Azaléia – vaso c/ decoração Vaso decorado  R$ 39,71  R$ 31,67 -20,26
Gérbera Vaso decorado  R$ 31,63  R$ 28,75 -9,11
ELETROELETRÔNICOS
Panela elétrica pressão PE-26 3,8 lt/700 wts Mondial  R$ 199,00  R$ 245,67 23,45
Secador de cabelo Lumina Ion ASS2185 2,200 wts GA.MA  R$  201,66  R$ 187,63 -6,96

 

Dicas e orientações

  • Desconfie de parcelamentos “sem juros”: Nunca confie de imediato no preço dos produtos anunciados como “promocionais”. Vá a outros estabelecimentos e verifique o preço real do produto. Uma ferramenta bastante útil é o celular, que pode ajudar o consumidor a consultar o preço praticado em outros estabelecimentos
  • Outra dica é evitar parcelamento em longo prazo: a parcela que hoje cabe no orçamento pode não caber no futuro. Imprevistos podem ocorrer durante o parcelamento e levar o consumidor ao endividamento. É importante sempre estar atento e não acredite cegamente no famoso “parcelamento sem juros”.
  • Saiba que o presente ideal é aquele que esteja adequado ao gosto da mãe, mas principalmente que não desagrade o bolso de quem vai presentear: Defina previamente quanto poderá ser gasto e só então comece a pesquisar os preços em pelo menos três estabelecimentos. O foco deve ser sempre o controle do orçamento doméstico, pois nenhuma mãe gostaria de receber um presente e ver o filho descontrolado financeiramente.

Atenção aos direitos e deveres na hora da compra

  • Regra de troca (roupa, calçados, etc): Muito comum em datas comemorativas, principalmente em se tratando de roupas e calçados. O consumidor precisa saber que o lojista não é obrigado a efetuar a troca por motivo de gosto (tamanho, cor, etc). Caso haja essa opção, o lojista deverá fornecer por escrito esta “garantia”, que deve conter a data limite para realizar a troca. Agindo desta forma, o lojista será obrigado a cumprir o que foi acordado com o consumidor.

 

  • Produto não funciona (regra geral): O lojista também não é obrigado a efetuar a troca caso o produto não esteja funcionando, ainda que o consumidor tenha acabado de comprar o item. Neste caso, ainda dentro do prazo de garantia, o produto deve ser encaminhado à assistência técnica que terá um prazo de até 30 dias para solucionar o problema. Caso esse prazo não seja cumprido, o consumidor poderá escolher entre a devolução do valor pago ou a troca do produto. Por isso, é muito importante, sempre que possível, pedir para que seja feito o teste do produto ainda dentro da loja. Caso não seja possível, tente pactuar um prazo para a verificação do estado de funcionamento, para possível troca. Lembre-se, a troca nesses casos é uma decisão do fornecedor.

 

  • Regras para pagamento em cheque ou cartão de crédito: A única forma de pagamento que não pode ser recusada é em dinheiro. No entanto, ao conceder outras formas de pagamento, não pode haver restrições para sua aceitação, tais como tempo mínimo de abertura de conta corrente para aceitação do cheque ou valor mínimo para aceitação do cartão. No entanto, o estabelecimento pode exigir um cadastro e consultas, para aceitar o cheque. Vale lembrar que no caso de pagamento com cartão, o estabelecimento poderá cobrar preços diferenciados, desde que tal informação seja fornecida previamente ao consumidor de forma clara, precisa e ostensiva, e não induza o consumidor a erro.

 

  • Regras para compra fora do estabelecimento: Em todas as compras realizadas fora do estabelecimento comercial (internet, telefone, residência, catálogo postal, etc), o consumidor tem o direito de se arrepender da compra em até sete dias. Esse prazo é contado a partir da assinatura do contrato (no caso de contratação de serviços) ou da entrega do produto. Contudo, ao exigir esse direito, documente toda a devolução e qualquer valor que já tenha sido pago. Só assim o consumidor conseguirá a restituição.

 

  • Cuidado com a inclusão de “seguro” sem autorização: Quando não é dado o direito ao consumidor de optar pela contratação de um serviço  que fora “embutido” no valor do produto adquirido durante a compra, configura prática abusiva de venda casada. Neste caso, o consumidor deve entrar em contato com a empresa e solicitar o cancelamento do serviço com a devolução de possíveis valores já pagos. Caso a reclamação não seja atendida, deve procurar os órgãos de defesa do consumidor.

 

Para acessar o relatório da pesquisa, clique aqui

Para acessar a planilha de preços de perfumes, clique aqui

Para acessar a planilha de preços de flores e cestas, clique aqui

Para acessar a planilha de preços de eletroeletrônicos, clique aqui

 

Assessoria de imprensa 

Compartilhar:

PROCON GOIÁS INFORMA

A partir desta quarta-feira (22/5), a Unidade Padrão Vapt Vupt, sede do Procon Goiás (Rua 8, nº 242, Ed. Torres, Centro de Goiânia), terá novo horário de funcionamento: das 8h às 17h.

O horário de expediente dos serviços administrativos realizados no órgão permanece das 8h às 18h.