Nota referente à decisão judicial que suspendeu o aplicativo Olho na Bomba

O Procon Goiás informa que com a suspensão da Lei Estadual n° 19.888/2017, que instituiu o aplicativo Olho na Bomba, criado pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), que fornecia ao consumidor os preços dos combustíveis praticados por todos os postos estabelecidos no Estado de Goiás de forma simultânea, facilitando a pesquisa de preços,o consumidor deverá retomar a  prática de pesquisar os preços durante seus trajetos feitos diariamente. Informamos, ainda é possível verificar os preços praticados pelos postos de combustíveis no site da Sefaz, que atualiza e divulga diariamente os preços em seu site (www.sefaz.go.gov.br). Em caso de divergência, o Procon Goiás orienta o consumidor a registrar sua reclamação e denúncia pelo telefone 151, pela plataforma Web https://proconweb.ssp.go.gov.br/#/ , ou presencialmente no órgão localizado na Rua 8, nº 242, Edificio Torres, Centro de Goiânia.

Compartilhar: