Procon Goiás apreende cerca de uma tonelada de produtos vencidos em apenas uma semana

Goiânia, 26 de agosto de 2019 – Em continuidade ao trabalho de intensificação da fiscalização em todo o estado, o Procon Goiás apreendeu cerca de uma tonelada de produtos (987 quilos/2537 unidades) vencidos em apenas uma semana – de 19 a 24 de agosto – durante visita a nove cidades.

De acordo com informações da Gerência de Fiscalização do órgão, havia produtos com prazo de validade vencido há mais de seis meses, o que representa um grave risco à saúde dos consumidores. Alimentos e bebidas como frios, iogurtes e produtos de limpeza, foram apreendidos e descartados no próprio local. Do início do ano até agora, o Procon Goiás já totaliza um volume apreendido de três toneladas de produtos impróprios para o consumo.

O volume ultrapassou ainda o total recolhido (700 quilos) pelas equipes durante fiscalização entre os dias 22 e 27 de julho em seis cidades do interior goiano: Firminópolis, Iporá, Israelândia, Palmeiras de Goiás São Luís de Montes Belos e Turvânia

Somente na semana passada, foram fiscalizados 97 estabelecimentos comerciais – supermercados, mercearias, distribuidoras de bebidas, agências lotéricas e bancárias – em municípios que integram a Região Metropolitana de Goiânia (Goianápolis e Senador Canedo), região Sudoeste (Acreúna, Cezarina, Jataí, Rio Verde e Santa Helena de Goiás), além de Firminópolis e São Miguel do Araguaia.

Autos de infração
Diante das diversas irregularidades encontradas, 82 autos de infração foram lavrados pelas equipes de fiscalização (contabilizando autuações de agências bancárias). O superintendente do Procon Goiás, Wellington de Bessa, destaca que as ações de fiscalização se intensificaram a partir de julho na capital, bem como nas diversas regiões do interior do estado, com o objetivo de prevenir eventuais irregularidades que possam lesar os direitos dos consumidores

Tempo de espera em agências bancárias

No município de Rio Verde, duas agências da Caixa Econômica Federal foram autuadas por descumprirem o prazo de espera na fila. A legislação municipal estabelece que o tempo limite é de 20 minutos, em dias normais, e 30 minutos na véspera de feriados prolongados.

Fiscalização em postos de combustíveis

Em Firminópolis e São Miguel do Araguaia, a visita dos fiscais atendeu solicitação do Ministério Público Estadual (MP-GO), que recebeu denúncias dos moradores das cidades relacionadas à qualidade do combustível comercializado.  Após realização de testes de qualidade e quantidade nos estabelecimentos, os fiscais não constataram irregularidades.

Balanço da Operação (19 a 24 de agosto)

Unidades apreendidas: 2537    (987 quilos no total)
Número de estabelecimentos fiscalizados: 97
Autos de infrações lavrados: 82
Municípios visitados: Acreúna, Cezarina, Firminópolis, Goianápolis, Jataí, Rio Verde, Santa Helena de Goiás, São Miguel do Araguaia e Senador Canedo

 

Compartilhar: