Procon Goiás apreendeu cerca de 10 toneladas de produtos impróprios para o consumo nos últimos 4 meses

Goiânia, 29 de outubro de 2019 – O Procon Goiás apreendeu 9,8 toneladas de produtos impróprios para o consumo (o equivalente a 20.719 unidades de mercadorias sólidas e líquidas) somente entre os meses de julho e outubro de 2019, considerando as fiscalizações realizadas em 45 municípios: sendo Goiânia e  as cidades da Região Metropolitana e interior do estado.

As ações foram intensificadas a partir do segundo semestre de 2019, durante a gestão do superintendente Wellington de Bessa, com o objetivo de resguardar os direitos dos consumidores e prezar pelo bem da sua saúde. As principais irregularidades constatadas pelos fiscais são o prazo de validade vencido e a falta de informações sobre a origem dos produtos.

A última fiscalização no interior do estado ocorreu entre os dias 21 e 25 de outubro e resultou na apreensão de 843 quilos (1780 unidades de sólidos e líquidos), como frango congelado, embutidos, iogurte, cerveja, produtos de limpeza, entre outros.

A ação foi realizada em 51 estabelecimentos comerciais localizados em cinco municípios: cidade de Goiás, Faina, Itaberaí, Itapuranga e Itauçu.  O trabalho resultou na autuação de 46 pontos. Os responsáveis terão o prazo de dez dias para apresentar defesa junto ao órgão de defesa do consumidor.

Compartilhar: