Procon Goiás divulga balanço parcial da Black Friday 2018

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Procon Goiás divulga balanço parcial da Black Friday 2018

Na última sexta-feira (23 de novembro), durante a Black Friday, o Procon Goiás fiscalizou vários estabelecimentos comerciais e sites para verificar uma possível alteração nos preços promocionais praticados em comparação àqueles coletados, planilhados e divulgados pelo órgão nos meses de outubro e novembro, a fim de orientar o consumidor a fazer a melhor opção de compra.

Até o momento, o órgão de defesa do consumidor já autuou 20 sites e 11 lojas físicas, após a constatação de diversas irregularidades. A principal delas é a prática de preços iguais ou maiores que os coletados antes da promoção. No período de 29 de outubro a 23 de novembro, foram monitorados 28 sites e coletados 18 mil preços de produtos.

Fiscalização Black Friday 23-11 (Foto: Divulgação / Procon Goiás)

Fiscalização Black Friday 23-11 (Foto: Divulgação / Procon Goiás)

Em relação às lojas físicas, até o momento, 33 estabelecimentos foram visitados pelas equipes e cerca de 1,6 mil preços foram verificados.  Algumas empresas ainda serão notificadas para prestar esclarecimentos e poderão ser autuadas.

Vale lembrar que, mesmo após o encerramento da Black Friday, o Procon continuará recebendo reclamações presencialmente e vai concluir as denúncias.  Veja a relação das lojas e sites autuados.

Comparação com 2017
Em 2017, o Procon Goiás autuou 40 lojas físicas e 14 sites por descumprimento às normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Percebe-se que, em 2018, houve redução do número de autuações de lojas físicas em comparação ao ano de 2017, uma vez que foi verificado maior cumprimento, por parte das empresas, da Lei Estadual nº 19.607/2017 – que obriga os fornecedores a informar o histórico de preços de produtos ofertados em promoção.

Por outro lado, o aumento de sites autuados se deve à intensificação do trabalho de fiscalização.

Denúncias e reclamações

O Procon Goiás recebeu somente na última sexta-feira mais de 330 ligações de consumidores, considerando os atendimentos realizados pelo Disque-Denúncia 151 e pela plataforma on-line Procon Web. Todas as demandas estão recebendo as devidas tratativas.

O consumidor pode acionar o Procon Goiás por meio do Disque-Denúncia 151 ou (62) 3201-7124, ou pessoalmente na sede, que fica na Rua 8, nº 242, no Centro de Goiânia, das 7 às 19 horas. Outra opção é ir até uma das agências do Vapt Vupt  ou acessar o Procon Web – https://proconweb.ssp.go.gov.br

 

Assessoria de Imprensa do Procon Goiás
(62) 3201-7134

Compartilhar: