Procon Goiás autua dois postos em operação conjunta para fiscalizar combustíveis em Goiânia

O Procon Goiás participou, entre os dias 29 de janeiro e 2 de fevereiro, de operação conjunta com a Agência Nacional do Petróleo  (ANP), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Procon Goiânia e Ministério Público Estadual, para verificar a quantidade e qualidade dos combustíveis comercializados em postos localizados em Goiânia.

Foram fiscalizados 119 do total de 274 postos de combustíveis na capital, sendo coletadas 173 amostras para análise laboratorial, cujo resultado será comparado às especificações estabelecidas pela ANP.

Dois estabelecimentos foram autuados por irregularidades, um deles de bandeira branca ostentava a bandeira de outro fornecedor na fachada. Já o outro não dispunha, no momento da fiscalização, do Kit necessário para a realização de testes de análise da qualidade dos combustíveis.

Cinco postos receberam notificação do Procon Goiás para apresentar  documentação de outorga válida perante à ANP.

Essa grande operação foi realizada mediante Termo de Cooperação Técnica e Operacional existentes entre Procon Goiás e Sefaz com a ANP . O Procon Goiás avalia que ela é positiva, em virtude da união de esforços de diversos órgãos que atuam em defesa do consumidor para combater práticas irregulares na atividade de comercialização de combustíveis.

 

Compartilhar:

Comunicado

O Procon Goiás informa que ampliará a capacidade de seus canais de atendimento por telefone e pela internet a partir desta quarta-feira (18/3).

O Procon Goiás esclarece que o número de linhas telefônicas e o horário de atendimento serão ampliados (7h às 19h) e os servidores do atendimento presencial serão todos remanejados para fortalecer esses canais de atendimento.

O atendimento presencial ao público na sede do órgão (Rua 8, Centro de Goiânia) será suspenso pelo prazo de 15 dias, de forma preventiva, para evitar a transmissão do coronavírus.

Canais de atendimento:
Telefone: 151 – ou (62) 3201-7124
Internet: proconweb.ssp.go.gov.br