Procon Goiás divulga listas parciais da margem de lucro bruta dos postos de combustíveis

Procon Goiás divulga listas parciais da margem de lucro bruta dos postos de combustíveis

Diante da recente elevação dos preços de etanol nos postos de combustível de Goiânia, o Procon Goiás iniciou, no dia 13 de março, um trabalho de fiscalização nos postos da capital com o intuito de verificar se a margem de lucro bruto por litro de combustível estava acima do percentual definido por liminar judicial (10.2%).

Até o momento, as constatações foram realizadas em 116 postos de um total de 156 que constam na decisão. Foram apresentadas notas fiscais de compra e venda do etanol hidratado. Na análise dos documentos de cada empresa, ficou demonstrado que as margens de lucro estão dentro do patamar definido pelo Poder Judiciário.

Portanto, o reajuste observado no início da semana nas bombas ocorreu devido à elevação dos preços de compra do etanol nas distribuidoras para os postos chegam a R$ 2,89, e o aumento foi repassado para o consumidor final.

A fiscalização do Procon Goiás continuará nos próximos dias. Caso seja encontrado algum estabelecimento praticando margem de lucro superior ao fixado pela liminar, o  Procon Goiás encaminhará a denúncia à Justiça para a aplicação da multa prevista, de R$ 20 mil por dia.

Confira as duas relações que totalizam 116 postos já fiscalizados pelo Procon Goiás:
Até o momento, foram 42 postos no primeiro levantamento,  74 no segundo e mais 32 no terceiro levantamento.

Assessoria de Imprensa do Procon Goiás: (62) 3201-7134

E-mail: imprensa@procon.go.gov.br

Jornalistas: Tom Fernandes (62) 98182-4649 / Gabriela Louredo (62) 99396-9342

Estagiárias: Juliana Camargo (62) 99456-3509/ Clara Idioriê (62) 98138-7025

Compartilhar: