PROCON GOIÁS informa: Justiça condena empresa por prática abusiva na cobrança excessiva pelo uso do estacionamento no aeroporto

PROCON GOIÁS informa: Justiça condena empresa por prática abusiva na cobrança excessiva pelo uso do estacionamento no aeroporto

 

A Justiça proferiu sentença judicial favorável ao consumidor goiano, na tarde de ontem (22/08/2018). A 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual, nos autos da Ação Civil Pública proposta pela Superintendência de Proteção aos Direitos do Consumidor – PROCON-GOIÁS, condenou a Master Empreendimentos Urbanos Ltda., concessionária da INFRAERO, responsável pela administração do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, ao pagamento por danos morais coletivos, no valor de R$100.000,00, por prática abusiva (obtenção de vantagem manifestamente excessiva).

Entenda o caso:

Em 16 de janeiro de 2015, a empresa condenada, afixou na guarita do estacionamento no Aeroporto Santa Genoveva, uma placa improvisada, restringindo o prazo de tolerância para entrada, saída ou permanência de veículos no estacionamento, também destinado a embarque e desembarque de passageiros no Aeroporto, passando de 10 minutos para 05 minutos.

Os fiscais do Procon foram até o estacionamento, fizeram o percurso e verificaram a insuficiência do prazo para fazer o trajeto de entrada e saída do estacionamento. Além, de outras infrações foi constatada a  falta de informação ostensiva da mudança da cobrança, inclusive nos tickets emitidos.

A Empresa foi autuada pelo PROCON-GOIÁS, instaurado o processo administrativo, além de ingressada Ação Civil Pública na justiça, com pedido de liminar para suspender a cobrança  pela utilização do estacionamento por prazo inferior a 10 minutos, e ainda a obrigação de  informar nos tickets entregues aos consumidores. A liminar foi concedida em 20/02/2015.

Sanções aplicadas:

No processo administrativo sancionatório  instaurado pelo Procon-Goiás, foi aplicada a  multa no valor de R$ 15.882,35. A Empresa recorreu, mas foi indeferido o recurso.

 

A Justiça julgou a Ação Civil pública (autos nº 0046187.62.2015.8.09.0051), condenando a  MASTER EMPREENDIMENTOS URBANOS LTDA., ao pagamento de indenização por danos morais coletivo em R$ 100.000,00 (cem mil reais), corrigidos monetariamente pelo INPC, a partir do arbitramento, acrescidos de juros de mora de 1% ao mês, a partir da citação.

CLIQUE AQUI  E VEJA O TEOR DA SENTENÇA:

 

Maiores informações entrar em contato com a assessoria de imprensa do Procon-Goiás, por meio dos telefones: 3201-7134

O atendimento à imprensa se dará a partir das 7h30 (por telefone) e a partir das 8h30 (sede do Procon Goiás – Rua 8, nº 242, 3º andar).

 

Compartilhar: