Pesquisa do Procon Goiás aponta variação de até 266% de itens das festas juninas

Goiânia, 4 de junho de 2019 – Aumento médio anual registrado pelo órgão foi de 6,15% e a receita de canjica com mesmos ingredientes e mesma marca, pode variar até 104,08%

Chegou o mês mais gostoso e mais esperado do ano, e muitos consumidores já se organizam para o preparo das tradicionais comidas típicas das festas juninas. Com tantas variedades de doces e salgados, a dieta pode até ser esquecida e deixada de lado em alguns dias, no entanto, o que não deve ser esquecido é a prática da pesquisa de preços, pois alguns produtos podem apresentar diferenças muito grandes entre menor e maior preço para um produto idêntico.

 

Para auxiliar os consumidores com dicas de preços e orientações gerais para as compras, fiscais do Procon Goiás visitaram 11 estabelecimentos da capital, entre os dias 23 de maio a 03 de junho de 2019, verificando os preços de 91 itens como fubá de milho, milho de pipoca, leite de coco, coco ralado, mistura pronta para bolo, amido de milho, creme de leite, leite condensado, amendoim, canjica, paçoca, pé de moleque, condimentos, bebidas, itens de hortifruti, dentre outros.

 

Produtos para o preparo das comidas típicas juninas

 

Comparando os produtos que figuraram no levantamento de preços realizado pelo órgão em junho do ano passado com os de agora, os produtos para festa junina estão em média, 6,15% mais caros. Um pouco acima da inflação oficial medido pelo IPCA-IBGE que ficou em 4,52%.

 

No entanto, considerando os aumentos médios individuais, o destaque ficou com o pacote de amendoim vermelho de 500 gr da marca PPA. No ano passado era vendido em média a R$ 11,40 e atualmente custa, R$ 17,26, com aumento de 51,40%.

 

Veja exemplos do aumento médio individuais:

 

    PREÇO PREÇO  
PRODUTOS ESPEC MÉDIO MÉDIO VARIAÇÃO
    2018 2019 %
Amendoim vermelho – PPA 500 gr  R$  11,40  R$  17,26 51,40
Erva-doce – Ki-Arjo 20 gr  R$    2,64  R$    3,64 37,78
Canela em pó – Kitano 50 gr  R$    3,37  R$    4,06 20,43
Leite de coco – Nordeste 200 ml  R$    2,68  R$    3,17 18,10
Leite condensado – Italac 395 gr  R$    3,36  R$    3,92 16,64
Pinga 51 – Pirassununga 965 ml  R$    8,96  R$  10,44 16,53
Mistura para bolo fubá – Dona Benta 450 gr  R$    4,60  R$    5,33 15,96
Canjica amarela – Yoki 500 gr  R$    2,97  R$    3,39 14,06
Pé de moleque – Yoki 306 gr  R$    9,39  R$  10,57 12,51
Milho de pipoca – PPA natural 500 g  R$    3,23  R$    3,55 10,02
Coco ralado – Mais Coco 100 gr  R$    3,57  R$    3,93 10,01
Cravo-da-índia – Kitano 40 gr  R$  12,10  R$  12,84 6,10
Batata-doce roxa kg  R$    3,00  R$    1,65 -44,85
Gengibre kg  R$    9,29  R$    7,65 -17,64
Creme de leite – Leitbom 200 gr  R$    2,56  R$    2,36 -7,81
Paçoca de amendoim – Yoki 352 gr  R$  10,57  R$  10,54 -0,28

 

Variação de preços do pacote de milho de pipoca e da canela em pó foi de 154% e 266%, respectivamente

 

Dentre os produtos pesquisados, as maiores variações encontradas foram de 154,19% no pacote de 500 gramas do milho de pipoca da marca Yoki e de 266,19% no pacotinho de 20 gramas da canela em pó da marca Velly.

 

Em relação a essas variações, diferentemente do que muitos pensam, tratam-se de produtos idênticos, ou seja, mesma marca, mesmo modelo e mesma gramatura. Por isso a importância de sempre pesquisar antes de comprar.

 

Veja outras variações entre menor e maior preço:

 

    PREÇO PREÇO  
PRODUTOS ESPEC MÉDIO MÉDIO VARIAÇÃO
    2018 2019 %
Canela em pó – Velly 20 gr  R$    1,39  R$    5,09 266,19
Milho de pipoca – Yoki Natural 500 gr  R$    1,79  R$    4,55 154,19
Canjica de milho branca – Yoki 500 gr  R$    1,98  R$    4,99 152,02
Cravo da Índia – Kitano 40 gr  R$    6,99  R$  16,98 142,92
Coco ralado – Ducoco 100 gr  R$    2,29  R$    5,55 142,36
Pipoca de microondas – Velly natural 100 gr  R$    0,99  R$    2,29 131,31
Erva-doce – Ki Arjo 20 gr  R$    2,59  R$    5,98 130,89
Amido de milho – Maisena 200 gr  R$    3,39  R$    7,09 109,14
Pé de moleque – Santa Helena 750 gr  R$  17,98  R$  35,90 99,67
Fubá de milho – Yoki 500 gr  R$    1,89  R$    3,69 95,24
Creme de leite – Piracanjuba 200 gr  R$    1,85  R$    3,59 94,05
Paçoquita doce – Santa Helena 750 gr  R$  10,90  R$  19,50 78,90
Mistura para bolo fubá – Dona Benta 450 gr  R$    4,09  R$    7,19 75,79
Leite condensado – Itambé 395 gr  R$    3,75  R$    6,59 75,73
Leite de coco – Ducoco 200 ml  R$    2,79  R$    4,69 68,10
Liete longa vida integral – Piracanjuba lt  R$    2,29  R$    3,79 65,50
Pinga 51 – Pirassununga 965 ml  R$    7,50  R$  11,90 58,67
Amendoim branco – Yoki 500 gr  R$    7,99  R$  12,50 56,45
Canela em rama – Kitano 20 gr  R$    2,59  R$    3,19 23,17
Verduras        
Batata doce roxa kg  R$    0,68  R$    2,49 266,18
Milho verde – pacote c/ 5 5 uni  R$    2,59  R$    8,79 239,38
Gengibre kg  R$    4,99  R$  12,89 158,32

 

 

Itens para o preparo de prato típico (canjica) pode variar até 104,08%

 

Por se tratar de produtos com preços individuais aparentemente pequenos, pode dar uma falsa impressão ao consumidor que a pesquisa não fará muita diferença. Por isso, o Procon Goiás fez uma lista com os itens para o preparo de um prato tradicional das festas juninas: a canjica.

 

Na receita vão 7 (sete) ingredientes: canjica amarela branca Yoki, leite condensado Italac, leite de coco Mais Coco, canela em rama Kitano, canela em pó Velly, cravo da índica Kitano e leite longa vida Piracanjuba.

Para esse comparativo foram considerados os mesmo produtos, marca e peso.

 

Para o preparo dessa receita, utilizando como ilustração os produtos descritos acima, o consumidor poderá pagar R$ 21,08 se pesquisar e comprar os produtos com os menores preços, ou, caso compre com os preços maiores, poderá ter um acréscimo de até 104,08%, totalizando uma conta final de R$ 43,02. Daí a importância de pesquisa de preços.

 

Orientações gerais

 

A regra, mais uma vez, é pesquisar! Neste caso, é interessante elaborar uma lista com os produtos necessários antes mesmo de sair às compras e pesquisar em pelo menos três estabelecimentos e, se possível, fracionar a compra que a economia será ainda maior.

Compare ainda os preços por marcas diferentes, pois no levantamento de preços realizado pelo Procon Goiás foi encontrada grandes variações.

A qualidade dos produtos também deve ser observada, bem como as informações contidas nas embalagens como identificação do fabricante, prazo de validade, ingredientes, peso e origem.

Ao optar por comprar produtos à granel, também deve ser informado a data de validade do produto por meio de cartazes e a pesagem deve ser feita na presença do consumidor.

Quando esses produtos estiverem expostos, devem estar protegidos de poeiras, insetos e etc.

A higiene também é fundamental, por isso, ao consumir esses produtos em quermesses, esteja atento à higiene do local, dos produtos e de quem está manuseando. A manipulação deve ser feita por pessoa com avental, luvas e cabelos presos e protegidos.

 

Para acessar a planilha de preços clique aqui

Para acessar o relatório da pesquisa clique aqui

Compartilhar:

PROCON GOIÁS INFORMA

A partir desta quarta-feira (22/5), a Unidade Padrão Vapt Vupt, sede do Procon Goiás (Rua 8, nº 242, Ed. Torres, Centro de Goiânia), terá novo horário de funcionamento: das 8h às 17h.

O horário de expediente dos serviços administrativos realizados no órgão permanece das 8h às 18h.